Intranet Facebook LinkedIn (11) 5525-9777
09/03/2020
  • Share Buttons

  • Share Buttons

  • Gerenciando a contaminação de partículas em 5 etapas

    Há 5 etapas que precisam ser consideradas ao gerenciar os níveis de limpeza e contaminação de partículas do óleo:

    1. Recebimento de óleo novo.
    2. Armazenamento e filtragem de óleo novo.
    3. Abastecimento do óleo nas máquinas.
    4. Blindagem de equipamentos contra a entrada de contaminantes.
    5. Remoção de contaminantes gerados na máquina através do funcionamento.
    6. Recebendo óleo novo

    Na etapa 1, é importante lembrar que o óleo novo não é necessariamente tão limpo quanto gostaríamos, e se levarmos a sério nossos padrões de limpeza, devemos garantir que ele seja filtrado antes de ser utilizado de acordo com padrões aceitáveis. O armazenarmos do óleo deverá ser em local seco e limpo. Os tambores devem ser preferencialmente armazenados horizontalmente com as duas entradas às 9 e 3 horas para evitar a respiração do tambor em estoque. Para garantir que eles não sejam mantidos por muito tempo no armazenamento e que o processo de “primeiro a entrar, primeiro a sair” seja empregado.

    1. Armazenamento e Filtragem de Óleo Novo

    Na etapa 2 o armazenamento dos lubrificantes seguindo as melhores práticas sugere que todo o óleo novo não seja apenas mantido em local limpo e seco, mas também que o óleo seja filtrado antes de entrar na máquina. Os sistemas modernos filtram o óleo de duas maneiras, sobre os recipientes de armazenamento com Racks de Lubrificação e ao transferir o óleo para as máquinas.

    1. Abastecimento do óleo na máquina.

    A etapa 3 envolve o uso de recipientes de abastecimento hermético que não sejam apenas totalmente vedados, mas também dedicados a cada tipo de óleo. Além disso, para impedir que os contaminantes entrem no óleo, também precisamos garantir que o lubrificante certo entre na máquina certa, a prática padrão é usar um sistema com código de cores – uma cor para um tipo de óleo. As instalações de armazenamento, os contêineres de distribuição e os pontos de abastecimento precisam ser rotulados.

    4.Blindagem de equipamentos contra a entrada de contaminantes

    Todos os reservatórios de óleo precisam respirar, a menos que estejam protegidos. Esse processo de respiração é uma fonte de entrada de contaminantes transportados pelo ar e a instalação de kits de blindagens Eximport abaixo impedirá que água, poeira e sujeira entrem no sistema. São inúmeras soluções para evitar a abertura da máquina em operações de abastecimento e coleta de amostra de óleo.

    1. Remoção de contaminantes gerados na máquina.

    A 5ª etapa do processo é filtrar o sistema para remover quaisquer contaminantes gerados em seu interior, como partículas, resíduos de desgaste e água que entra no sistema ou oxidação que ocorre no processo. A água por exemplo afeta a espessura média do filme de lubrificação. Qualquer atividade de lubrificação bem gerenciada utilizará um processo de análise de óleo para monitorar o a evolução ou redução da contaminação. Para isso equipamentos de exclusão de contaminantes como os abaixo são necessários:

    Por: Leonardo Cardoso

    Voltar

    Fale Conosco

    Tire suas dúvidas ou solicite um orçamento.