Intranet Facebook LinkedIn (11) 5525-9777
20/07/2017
  • Share Buttons

  • Share Buttons

  • Linha Dupla ou Sistema Progressivo, qual é o Melhor?

    Essa é uma dúvida muito frequente de nossos clientes quando desenvolvemos um sistema de lubrificação centralizada. Mas afinal, qual tipo é o melhor?

    Na verdade, não devemos perguntar qual é o melhor e sim: Qual é o sistema de lubrificação mais adequado para minha aplicação?

    Linha Dupla

    Como o próprio nome sugere, esse sistema possui duas linhas, ou tubulações, que alternam, pressurizando e aliviando a pressão do sistema.

    Neste sistema, os pistões dos distribuidores operam de forma independente e caso ocorra uma falha em um deles os outros distribuidores continuarão operando normalmente, sem interrupção do sistema.

    O monitoramento do funcionamento dos distribuidores é visual, exigindo inspeções periódicas das hastes indicadoras, para constatar se todos os pontos de lubrificação estão funcionamento corretamente.

    Sistema Progressivo

    Esse sistema possui somente uma linha (tubulação) principal de alimentação dos distribuidores.

    Diferentemente do sistema linha dupla, existe uma interdependência dos pistões dos distribuidores que operam de forma progressiva, ou seja, o funcionamento de um pistão depende do outro. Caso ocorra uma falha em um pistão, que o impeça de funcionar, os demais pistões serão afetados.

    Devido a sua característica de funcionamento progressivo, esse sistema dispensa a necessidade de inspeções periódicas, é que facilita a identificação do local onde a falha ocorreu, através da utilização de acessórios nos distribuidores.

    Conclusão

    Observando os exemplos a seguir é possí­vel entender duas aplicações distintas para cada um dos sistemas.

    O sistema de linha dupla é indicado para aplicações onde a operação do equipamento ou máquina pode continuar mesmo se alguns pontos não receberem a lubrificação adequada. Por exemplo, durante o carregamento de minério em navios, cujos custos envolvidos são muito elevados, uma eventual falha no sistema de lubrificação pode ser sanada ao término do carregamento, sem a necessidade de interromper a operação para corrigi-la.

    Por outro lado, o sistema progressivo é indicado para aplicações onde toda a máquina deve parar se qualquer ponto não for corretamente lubrificado, como por exemplo um centro de usinagem ou uma prensa transfer. Nesse tipo de aplicação todo o processo deve ser interrompido para identificar e corrigir qualquer falha de lubrificação, mesmo porque a qualidade do processo será comprometida, e também porque a falta de lubrificação pode danificar ou comprometer outras partes e peças.

    A LUBEQUIP/EXIMPORT possui uma equipe de engenharia de aplicação preparada projetar o sistema de lubrificação mais adequado para sua aplicação. Oferecemos também todo o suporte e assistência técnica, presencial, por telefone ou e-mail.

    Voltar

    Fale Conosco

    Tire suas dúvidas ou solicite um orçamento.